terça-feira, 17 de janeiro de 2012

UFC no Rio de Janeiro, Sábado dia 14/01/12

Lutadores como José Aldo Jr. e Vitor Belfort, protagonistas dos principais confrontos do UFC 142, realizado de 14 para 15 de janeiro, levaram os torcedores à loucura no HSBC Arena.
Ambos venceram no primeiro round: enquanto Aldo nocauteou o americano Chad Mendes, confirmando-se como dono do cinturão do peso pena (até 66kg), Belfort finalizou o americano Anthony Johnson
A disputa Brasil x EUA pôde ser conferida outras duas vezes nooctógono carioca. O placar final foi de 3 a 1 para os lutadores tupiniquins, sendo que a única derrota brasileira veio do embate entreRicardo Funch (BRA) e Mike Pyle (EUA).
Há de se destacar ainda o suposto erro do árbitro brasileiro Mário Yamasaki, que puniu o compatriota Erick Silva por supostos golpes na nuca do adversário.  
Não parando por aí, a segunda edição do evento no Brasil ainda garantiu ao público aquilo que Dana White, presidente do Ultimate Fighting Championship (UFC), classificou como o "I have ever seen in front of me" (O nocaute mais brutal que já vi na minha frente). Ele refere-se ao chute rodado que o brasileiro Edson Barboza (BRA) deu no britânico Terry Etim, finalizando a luta no 3º round.
Confira todos os resultados do UFC Rio
Card principal
- Penas: José Aldo (BRA) nocauteia Chad Mendes (EUA) no 1º round
- Médios: Vitor Belfort (BRA) finaliza Anthony Johnson (EUA) no 1º round
- Médios: Rousimar “Toquinho” Palhares (BRA) vence Mike Massenzio (EUA), por finalização
- Meio-médios: Erick Silva (BRA) é desqualificado contra Carlo Prater (BRA) por golpes ilegais
- Leves: Edson Barboza (BRA) nocauteia Terry Etim (ING) no 3º round
Card preliminar
- Leve: Thiago Tavares (BRA) vence Sam Stout (CAN) por pontos
- Pesados: Gabriel Napão (BRA) finaliza Ednaldo Lula (BRA) no 1º round
- Penas: Iuri Marajó (BRA) vence Michihiro Omigawa (JAP) por pontos
- Meio-médios: Mike Pyle (EUA) nocauteia Ricardo Funch (BRA) no 1º round
- Penas: Felipe Sertanejo (BRA) vence Antonio Carvalho (CAN) por pontos

Nenhum comentário:

Postar um comentário